LACE realiza congresso de grande valor científico em Buenos Aires

20 de setembro de 2019

Palestrantes de renome internacional, mais de 300 especialistas participantes, troca de conhecimento e muito networking marcaram o Congresso LACE 2019, organizado pela Liga Argentina Contra Epilepsia em Buenos Aires nos dias 19 e 20 de setembro.

A rica programação foi composta de conferências, simpósios e apresentação de casos clínicos, reunindo os principais temas em pauta nos dias atuais, como: Efetividade e tolerância ao cannabis medicinal em pacientes com encefalopatias refratárias: resultados preliminares; Genética da Epilepsia; Atualizações no tratamento da epilepsia; Estudos por imagens em epilepsia resistente a drogas; O caminho até a medicina de precisão na epilepsia. 

Entre os convidados estrangeiros, o Dr. Ruben Kuzniecky, professor de Neurologia da Northwell Heatlh (EUA), o Dr. Samuel Berkovic, professor de Neurologia da Universidade de Melbourne (Austrália), e o Dr. Manuel Toledo, médico neurologista do Vall d’Hebron (Espanha) marcaram presença fisicamente. Já o Dr. Orrin Devinsky, professor de Neurologia da New York University (EUA) participou via teleconferência.

Durante o evento, foi realizada uma premiação entre os trabalhos científicos inscritos, com a entrega de duas bolsas para o Congresso Americano de Epilepsia aos vencedores.

A Neurovirtual, representada pelos colaboradores Dubraska Quevedo, Andres Losada e Marcela Cañon, foi uma das 10 empresas expositoras e levou ao público as soluções BWIII PSG Plus, o BWIII EEG e o portátil BWMini EEG, acessórios e insumos. A empresa registrou presenças importantes no estande, como o Dr. Daniel Vilariño, o Dr. Walter Silva e a Dra. Maria Del Carmen Garcia, além de um número considerável de prospectos para negócios futuros.

A LACE é uma entidade civil de mais de 70 anos que tem como objetivo disseminar conhecimentos relacionados à epilepsia, especialmente em aspectos científicos. Por meio de eventos, propõe atualizar os aspectos inter-relacionados ao diagnóstico e tratamento da epilepsia, abordando classificação de crises, diagnóstico clínico, neurofisiológico, medicação ou terapia cirúrgica.

Deixe um comentário